sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Vamos à praia?

                                                                                          (pertinho da minha casa)

Acabo de voltar da praia. Fui andar um pouco. Moro numa capital belíssima, está um dia  lindo de sol, a orla fica a dois quarteirões da minha casa e eu presa em pensamentos no meu apartamento. Quanto tempo eu tenho perdido!
Enquanto caminhava eu refleti. Eu estava contando umas histórias bizarras da minha vida, mas resolvi dar uma parada. Vou deixar o passado no seu devido lugar - no passado. Eu estava relembrando tudo aquilo e registrando, como se não quisesse perder a lembrança. Por quê?
Depois daqueles episódios eu fiquei moralmente e mentalmente abalada, larguei o emprego de 26 anos e passei um bom tempo sem levantar da cama. Comia o que me levavam e me forçavam a engolir. Às vezes passava dias sem nem tomar banho. Recebi o carinho e apoio dos filhos, do então marido e de uma grande amiga. Não me deixavam um minuto sozinha. Um dia percebi o quanto eu estava fazendo a infelicidade de todos eles, estavam sendo contaminados e concordei em fazer terapia.
Já faz cinco anos, estou bem, mas às vezes tenho uma recaída.
No final de março deste ano, eu comecei a acompanhar um blog de um conhecido e isso me fez dar uma guinada de 180º, depois comecei a acompanhar o de um amigo que eu não via há tempos e por quem eu tenho um grande afeto. Quando me lembro dele, me dá vontade de sorrir. Ele é a VIDA incorporada numa só pessoa. Você me ajudou muito, viu meu fio? (mesmo sem saber)
Foi me dando uma vontade de escrever porque vi que isso seria possível para mim também. Em junho eu abri este blog sem nenhuma pretensão. Eu só queria escrever.
Não esperava fazer amigos, receber carinho e solidariedade de tanta gente. A troca de ideias e experiências também têm sido gratificantes. 
Não enxergo mais os dias nublados. O sol voltou a brilhar. 
Que tal caminhar na praia comigo amanhã?

10 comentários:

Delano Alexandria disse...

Olá querida, Queria agradecer os seus carinhos de sempre em meu blog..

Toda sorte de benção pra vc!!


Delano Alexandria


Ps: Praia é coisa boa hein...rsrsrki

Célia disse...

Nossa!! Amaria fazer essa caminhada! Tenho atração fatal por mar! Fico feliz que tenha uma solução plausível para o passado! Passou! Agora é o agora e fim! Mentalmente caminho com você nessa nova luz em sua vida! Abraço da Célia.

Fê Iasi disse...

Me aguarde! Bjo e feliz por você!

Artes e escritas disse...

Que bom que você voltou a sorrir, não importa onde e como, importa é que você sorri. Um abraço, Yayá

CEM PALAVRAS disse...

Célia,
Você é uma companheira e tanto!!!
Mora longe do mar? Se quiser ficar pertinho...é só me procurar.
muitos beijos

CEM PALAVRAS disse...

Delano,
caminhar na areia molhada da praia, com as ondas batendo em nossos pés é uma da melhores coisas que existem.
é bom demais!!!
beijos

CEM PALAVRAS disse...

Fê,
Estou te esperando. Te ler me faz feliz!
muitos beijos

CEM PALAVRAS disse...

Yayá,
Você é uma das responsáveis pelo meu sorriso. Sua atenção, tudo o que você escreve alegra a alma.
muitos beijos

Edu O. disse...

"O sol ensolará a estrada dela"

CEM PALAVRAS disse...

Edu O.
Seu post caiu como uma luva. Me deu uma sacudida e tanto!!!
Você nasceu para alegrar a vida!
beijos