quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Olhar em cores


"Olhar em cores"

você pode me olhar, olhos negros
você pode me ver com o olho azul
não me olhe marrom - "marromenos"
quero ver de longe o verde seu

me enxergue nua transparente
ou em vermelho com a roupa que me conheceu
o mesmo tom vermelho do meu coração
que ainda insiste em ser seu

3 comentários:

Ives disse...

Linda poesia, a roupa é o adorno da memória abraços

Célia Rangel disse...

O importante é que me veja - com a cor que for... Bela reflexão amorosa!
[ ] Célia.

CEM PALAVRAS disse...

Obrigada pela visita, Ives e Célia.
Voltem sempre!