quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Eu e você


Somos muito diferentes e tão iguais. Diferentes nas atitudes e iguais nos sentimentos.
Você gosta de sonhar, vive no mundo da ilusão, imaginando como poderia ter sido ou como será. Traça um planejamento, mas não o cumpre com receio da derrota. Sua jornada é abstrata.
Eu gosto do risco. Me jogo de cabeça em tudo que faço, me entrego inteira. Vivo com intensidade, não tenho medo de bater a cabeça na parede. Gosto do concreto.
Você fala por metáforas, foge do sim e do não, é sempre talvez. Eu sou cruel, a verdade deve ser dita, mesmo que machuque. Você é da paz e do depois. Eu sou de briga, aqui e agora.
Somos carentes, queremos amar e ser amados. Gostamos de colo, demonstrações de carinho, chamego e atenção total. Precisamos ser notados, admirados, elogiados. Vivíamos esperando um do outro, um querendo do outro, mas não nos doamos. Só esperamos.
Somos da lua, românticos. Temos o coração do tamanho do mundo, somos abnegados. Os outros vêm em primeiro lugar, nunca nós.
Esquecemos de nos olhar, eu para você e você para mim, com os olhos da alma. Erramos em esperar um do outro. Dois iguais querendo o mesmo e nunca nenhum de nós tomou a dianteira.
Você é uma pessoa linda, generosa, um ser de ternura. Eu sou atenta, ligada, prática e responsável. Com o passar do tempo, nós dois só levamos em conta e julgamos as atitudes e desprezamos os sentimentos. Faltou amor? Não, amor tinha de sobra, o coração estava repleto, mas não o  demonstramos como eu precisava e você também.
Ficamos empacados, petrificados, parados no meio do caminho. E no meio desse caminho tinha duas pedras: eu e você. Não soubemos contorná-las. Preferimos removê-las e caímos num buraco.
Foi o fim.



20 comentários:

Eloah disse...

Que lindo e tão real.Tanta coisa que não foi dita e que poderia expressar um amor que existia.É as vezes erramos por omissão.O texto bateu como uma luva na minha alma!Valeu amiga! Amei. Escreves divinamente!Forte abraço e muita luz e muito amor.Eloah

Juju Porcino Loureiro disse...

Fiquei encantada!
"Faltou amor? Não, amor tinha de sobra, o coração estava repleto, mas não o demonstramos como eu precisava e você também."
É POR ESSA RAZÃO QUE O AMOR DEVE SER FALADO, GRITADO E VIVIDO SEMPREEE!
Beijos.

✿ chica disse...

Maravilhoso e pena que acabou! beijos,chica

CEM PALAVRAS disse...

Eloah,
Uma vez você me disse, que à vezes tudo não é o bastante. Aqui eram os dois eram todos sentimentos, mas esqueceram de irem além do sentir.
muitos beijos

CEM PALAVRAS disse...

Juju,
Você tem razão. Sentir só não basta. O mundo precisa saber.
muitos beijos

CEM PALAVRAS disse...

Chica,
Será que acabou o amor? Eu tenho uma teoria, veja no SOBRE O AMOR, publicado no dia 29.06.
muitos beijos

Paulo Francisco disse...

¨Ficamos empacados, petrificados, parados no meio do caminho. E no meio desse caminho tinha duas pedras: eu e você. Não soubemos contorná-las. Preferimos removê-las e caímos num buraco.
Foi o fim.¨

EU SEMPRE ACREDITO NA POSSIBILIDADE DE UM RETORNO.
Um beijo grande

CEM PALAVRAS disse...

Paulo,
O amor sempre merece outra chance.
muitos beijos

Célia disse...

Uma grande descoberta está feita! A causa do rompimento! Ninguém muda ninguém, mas se temos consciência de nossos erros podemos aprender com os mesmos e buscar não cometê-los mais! Boa sorte!

Artes e escritas disse...

A causa do fim é a incompatibilidade de gênios,um bom motivo. Um abraço, Yayá.

CEM PALAVRAS disse...

Célia,
Pena que, às vezes só descobrimos o erro quando já é tarde demais.
beijos

CEM PALAVRAS disse...

Yayá,
Só sentir o amor não basta. Viver o amor é bem mais complicado.
muitos beijos

Edu O. disse...

Como na música "Catavento e girassol". lindo!

CEM PALAVRAS disse...

Edu, meu amor, você é o máximo!!!
Obrigada por sua lembrança e dica.
Já inclui o vídeo na postagem.
Beijos,beijos e mais beijos

Sergio Martins disse...

O amor é forte e frágil, precisa de cuidados especias para sobreviver. Mas o que hoje é perda amanhã é ganho. Bjs.

CEM PALAVRAS disse...

Sérgio,
Saber o tempero certo para saboreá-lo.
Bom você por aqui.
beijos

HENRY disse...

CEM,voce cada vez me supreende mais pela positiva. O Amor precisa de Coragem pra ser vivido. O Amor é perdido e achado. precisa ser vivido na maior intensidade de uma loucura a dois, quem nunca amou dezenfriadamente em loucura total, nao sabe verdadeiramente o que é o amor!!! O Amor intenso entre dois que se amam, nao é, nem nunca foi, amar com a razao...

* Verinha * disse...

Belo texto.. na ausência da demonstração e dos dizeres.. um fim de um sentimento tão lindo que não sobrevive sem um diálogo aberto e sincero!.. Adorei a sua escolha musical !


Beijokinhas em seu coração..
Verinha

CEM PALAVRAS disse...

Henry,
Era tudo o que eu precisava ler.
Você é sempre otimista e me faz comentários que eu adoro!
muitos beijos

CEM PALAVRAS disse...

Verinha,
tenho que dar o crédito da escolha ao meu amigo Edu O. que no seu comentário fez alusão a essa música, por isso eu a coloquei.
beijinhos doces para você.