domingo, 9 de outubro de 2011

Homenagem



Hoje estaria completando 71 anos. 
Sobre ele não é preciso escrever nada, apenas ouvir...



10 comentários:

Bento Sales disse...

Querida, uma homenagem mais que merecida.
Ainda que o John tivesse só essa música, pela mensagem que nos traz, já era digno de ser homenageado.

Tenho certeza de que ele estaria em atividade como o Paul, que até casou hoje novamente.

Abraços!

CEM PALAVRAS disse...

Bento,
Será que a escolha da data do casamento foi em homenagem? rsss
Não acredito.
Lennon e Paul tomaram rumos diferentes em suas vidas.
Se vivo, com certeza Lennon teria composto muitas outras preciosidades como esta.
beijos

✿ chica disse...

Linda homenagem,bom de ouvir!beijos,chica

Célia disse...

Um gênio que se dedicou a compor e a cantar com muito amor, o AMOR! Divino! [ ] Célia.

Amapola disse...

Bom dia, querida amiga.

Linda homenagem!!
Esse meu ídolo sempre me emocionou demais. No dia que ele se foi...
Aff!


Beijos.

Christian V. Louis disse...

Olá Cem Palavras! Acabei de ler uma matéria que diz que o Paul se casará nesta data. Interessante.
Destas bandas mais antigas, sempre preferi a irreverência dos Rolling Stones aos Beatles Beatles para mim foi apenas John Lennon, o único subversivo e que realmente chamou a atenção com suas idéias e ideais.
Bela homenagem, gosto muito da música Mother.
Gosto do trecho:

Mother, you had me, but I never had you...

Mônica disse...

Cem Palavras

Estou testando porque não consigo comentar nesta lan house no meu google pois ainda estou no inteior de Minas Gerais
Bela história este jovem de talento teve.´?
com amizade Monica

Artes e escritas disse...

John é inesquecível! Um abraço, yayá.

CEM PALAVRAS disse...

Chica, Célia, Amapola, MÔnica e Yayá,
Vocês me fazem feliz por sempre passarem por aqui.
Obrigada
Muitos beijos

CEM PALAVRAS disse...

Christian,
Eu sempre gostei dos Beatles e do que representaram naquela época. Promoveram uma mudança tanto musical como nos costumes. Eram irreverentes em seu tempo. Separaram-se justamente por John se manter fiel ao que acreditava. Quando cada um seguiu seu rumo eu apenas acompanhei a carreira de John - o meu preferido.
Beijos e apareça sempre, viu?